tutora-com-cachorro-viajando-no-carro

Descubra Como Garantir a Segurança nas Viagens em 6 Dicas Simples

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A segurança nas viagens é um objetivo de todos: tutores, motoristas e colaboradores.

Nós entendemos que preparação e boas práticas durante a viagem são essenciais para garantir a segurança e, por isso, esse é um de nossas maiores preocupações na MooviPet.

tutora-com-cachorro-viajando-no-carro
Tutora viajando com seu pet no carro. (Foto: Banco de Imagens)

Oferecendo opções de mobilidade de qualidade, a MooviPet diminui as distâncias entre as pessoas e os animais, e, com isso, reduz o abandono e melhora a qualidade de vida dos Pets.

Com a MooviPet, famílias podem contar com um serviço profissional, podendo viajar junto com seu melhor amigo, seja para distâncias curtas ou longas, seja por necessidade ou lazer.

Neste Post estão contidas as regras mais importantes para garantir que seu Pet esteja confortável, feliz e seguro durante todo o percurso da viagem.

Então, vamos saber como garantir viagens mais seguras?

Segurança em primeiro lugar, sempre!

1. Equipamentos de segurança

Pode parecer óbvio, mas não custa lembrar: animais não podem viajar soltos dentro dos veículos.

Os Pets que viajam com a MooviPet devem obrigatoriamente utilizar cinto de segurança ou caixa de transporte.

Os veículos que fazem os transportes interestaduais rodoviários possuem acomodações fixas e todos os animais ficam no interior das acomodações.

E não se esqueça: cabe ao tutor providenciar coleira e, por ocasião do embarque, os animais já devem estar com esse equipamento instalado.

O uso de equipamentos de segurança salva vidas.

2. Atenção à estrada

Motoristas da MooviPet, sejam eles colaboradores ou franqueados, seguem as leis de trânsito em todos os momentos, com atenção redobrada ao limite de velocidade estabelecido.

O uso de técnicas de direção defensiva garante segurança e conforto aos animais embarcados.

motorista-moovipet-transportando-tutor-e-seu-cachorro-pet-samoieda
Motorista MooviPet em direção com tutor e pet embarcados. (Foto: Arquivo MooviPet)

Uma das principais reclamações de tutores é com relação a atrasos, principalmente no sistema rodoviário.

Lembre-se de que seu Pet também esta embarcado e em algumas situações as paradas levam mais tempo que o previsto por necessidade de limpeza dos veículo e alguma dificuldade com a alimentação, hidratação e necessidades fisiológicas dos animais.

Viagens interestaduais rodoviárias são apropriadas para situações em que há flexibilidade de horários, tanto para o embarque quanto para o desembarque.

Motoristas são orientados a não falarem ao telefone enquanto estiverem dirigindo.

3. Todos os Pets são bem vindos

Filhotes, idosos, animais de grande porte, portadores de deficiência, cães ou gatos: a MooviPet é para todos.
Adotamos protocolos para cada situação.

Nossas viagens são monitoradas por um time de especialistas, incluindo médicos veterinários, que dão suporte ao motorista em caso de uma eventual necessidade.

Além disso, os motoristas realizam um curso de capacitação, no qual aprendem tudo que é importante para garantir a segurança nas viagens.

documentacao-do-pet-sendo-entregue-pelo-tutor-ao-motorista
Tutor entregando documentação ao Motorista MooviPet. (Foto: Arquivo MooviPet)

Lembre-se que, no transportes rodoviários, somente embarcam animais sociáveis e é obrigatório apresentação de:

  • Imunizarão anti-rábica;
  • Atestado de saúde;
  • Coleira e guia;
  • Alimentos;
  • Perfeitas condições de higiene.

4. Acomodações do tamanho certo

OS animais são classificados em 4 tamanhos: P, M, G e GG.

Os animais devem estar na acomodação correta não sendo possível acondicionar animais em acomodações menores ou mais de um Pet na mesma acomodação, salvo filhotes de uma mesma ninhada.

5. Câmeras de monitoramento

Todos os veículos que operam nos trechos rodoviários dispõem de câmera de monitoramento para que nossa central de operações passa acompanhar tudo que ocorre, dando assistência ao motorista em situações de necessidade.

6. Limpeza

Manter a limpeza dos veículos é uma das principais preocupações dos motoristas e um dos principais cuidados para garantir o conforto de seu Pet durante o deslocamento.

Por isso o jejum é muito importante.

Suspender o alimentos dos animais três horas antes do embarque é fundamental para garantir uma adaptação tranquila e evitar que ele enjoe, principalmente nos primeiros minutos de deslocamento.

Além disso, faltando 30 minutos para o motorista chegar, dê uma voltinha para que ele faça as necessidades fisiológicas e faça o embarque aliviado.

Suporte 24h

A MooviPet agora dispõe de um canal de atendimento especializado 24h para dar suporte a tutores e motoristas em caso de necessidade:

Suporte 24 horas: 21 99877-6816

Central de atendimento

Nossa central de atendimento funciona em horário comercial:

Segunda a sexta: 08hs as 18hs.
Sábados, domingos e feriados: 08hs as 14hs

Telefone: 3003-5415
WhatsApp: 11 3003-5415


Tornar uma viagem com a MooviPet uma experiência agradável para seu Pet é uma tarefa de todos.

Para que seu Pet usufrua da viagem e, acima de tudo, tenha segurança e conforto, contamos com você!

E aí, gostou das dicas?

Fale com um de nossos consultores para tirar qualquer dúvida ou agendar a próxima viagem do seu Pet.


cachorro-feliz-viajando-com-a-familia-de-carro

24 Dicas para Viajar com Cachorros de Carro

Tempo estimado de leitura: 15 minutos

Viajar junto com os Pets é algo que está se tornando cada vez mais comum.

Hoje em dia, eles não precisam ficam sozinhos em casa, em hotéis ou em casa de terceiros nos momentos em que a família precisa viajar, seja para lazer ou necessidade.

cachorro-feliz-viajando-com-a-familia-de-carro
O planejamento é essencial para se ter uma boa experiência na viajem com seus pets. - Foto: Banco de Imagens

Já existem hoje diversos shoppings, restaurantes, hotéis, pousadas e até resorts pet friendly (locais que aceitam animais) em que seu Pet pode ir junto e compartilhar todos os bons momentos juntos com você.

Para chegar até seu destino, a grande maioria das pessoas buscam empresas especializadas como a MooviPet para garantir uma viagem confortável e segura para os peludos.

Outros optam pelo desafio de viajar junto com o melhor amigo em seu próprio veículo, com a intenção de aproveitar o máximo possível a viagem, o que é ótimo!

Porém, como não é algo tão comum, é importante se planejar para que tudo corra bem.

Por isso resolvemos compartilhar um pouco nossa experiência para garantir conforto e segurança e evitar deres de cabeça como multas e apreensões de veículo.

A dica mais importante sobre viajar com cachorro é que a experiência tem que ser boa tanto para o cachorro quanto para o restante da família. 

Só leve seu cachorro se você não se incomodar em fazer as adaptações necessárias para que seja divertido e legal para ela também.

Isto pode significar mudar o destino e abrir mão de visitar locais onde ele não entra e demorar mais no trajeto na estrada.

Se isso não for um problema e a companhia do seu melhor amigo é mais importante!

Outra grande preocupação é dar toda atenção que seu peludo precisa e manter a atenção nas outras estradas, principalmente no volante.

Alguns cachorros sofrem muito ao sair de casa, então, nesse caso, somente viaje se for estritamente necessário. Nem tudo que diverte humanos, diverte os animais e devemos respeitar isso.

O importante é fazer atividades que todas possam curtir juntos e compartilhar bons momentos.

Então, veja abaixo nossas dicas para viajar com cachorro de carro.


Antes da viagem

1. Verifique as condições de manutenção do veículo

Verifique as condições principalmente do pneu e estepe. Em caso de pneus carecas, faça as trocas antes de pegar a estrada. Revise também os freios: dê uma passada em uma oficina e verifique as pastilhas e o fluido.

É importante garantir que seu veículo esteja com a manutenção e documentação em dia.

Principalmente para viagem junto com os Pets, esse procedimento é muito importante, pois um problema mecânico pode causar um acidente.

Além disso, o veículo estará em melhores condições para enfrentar estradas com asfalto ruim e pistas em condições adversas em virtude da chuva, por exemplo.

Ficar sem um carro é muito complicado, principalmente quando se tem um peludinho embarcado.

2. Celular sempre carregado

Durante o trajeto, mantenha o seu celular sempre carregado, o número da emergência e do seguro sempre à mão e nunca dirija com sono. Às vezes, simples cuidados evitam acidentes e dores de cabeça de grandes proporções.

A ausência de área de celular em estradas pode dificultar a viagem e a comunicação em caso de uma eventual necessidade.

Quando estiver sem sinal, redobre a atenção e deixe sempre alguma visado de sua localização em condições de monitorar e prestar auxilio em caso de necessidade, no período mais breve possível.

3. Identifique seu cachorro 

Nunca deixe seu cachorro sair de casa sem identificação. Se ele fugir e se perder e, estando identificado é muito mais fácil que ele seja encontrado e devolvido,

Nós, da MooviPet, sempre usamos uma plaqueta de identificação que foca presa na coleira durante toda viagem, com o nome do cachorro e nossos telefones, mas caso você não consiga fazer uma plaquinha ou a perca durante um passeio, prenda na coleira com fita crepe, ou qualquer coisa assim.

4. Tenha a companhia de outra pessoa

Nunca é uma boa prática viajar de carro sozinho com o cachorro. Por isso, sempre que possível, programe-se para pegar a estrada na companhia de outro pessoa que pode ser seu marido, filho ou um funcionário doméstico.

Dessa forma, você consegue prestar atenção no trânsito enquanto a outra pessoa fica responsável por cuidar do cachorro.

Outro motivo importante é que sempre haverá alguém cuidado dos animais quando você precisar ir ao banheiro ou comprar alimentos

Deixar um cão tratado dentro de um veículo fechado nunca é uma boa ideia. Quando o cão fica exposto ao calor por muito tempo, o que desencadeia uma série de sintomas que podem levar à morte.

Para ter uma ideia do perigo de deixar o cachorro no carro, estudos mostram que um veículo parado sob o sol e com os vidros fechados tem um aumento de 80% de temperatura nos primeiros 30 minutos.

Nessas condições, o cão pode apresentar respiração rápida, hipersalivação, saliva espessa, mucosas de coloração vermelho escura, tremores musculares, vômitos, diarreia, falta de coordenação motora e até perda de consciência, desmaios e convulsões.

5. Comece a adaptação com o veículo e com o uso de equipamentos de segurança

Se você tem um filhote ou nunca viajou de carro com seu cachorro, comece com pequenas distâncias, como passeios na sua própria cidade, por exemplo, para ver como ele se sente e para que ele se acostume a ficar no carro.

A maioria dos cães só saem de casa para fazer vacinas, consultas e exames.

Se seu Pet é um desses é bom fazê-lo entender que um passeio também pode servir para diversão, socialização e entretenimento junto com a família.

Por isso, sempre que for viajar para destinos mais distantes, faça com que ele se acostume com o carro e com os equipamentos de segurança

E comum que os animais entendam a rotina das viagens, como tempo de deslocamento, paradas para alimentação, hidratação e necessidades fisiológicas e caminhadas e assim ele fica mais tranquilo e aproveita mais a viagem.

Depois de entender como funciona ele fica taõ relaxado que dorme na maior parte do tempo de deslocamento dorme e só acorda quando ele percebe que chegou a hora de fazer uma parada. Aí ele sabe que chegou!

medica-veterinaria-examinando-cachorro
Faça um checkup geral de saúde no seu pet e mantenha sempre a vacinação em dia. - Foto: Banco de Imagens

6. Saúde é prioridade

Antes de pegar a estrada, verifique se as vacinas, o antipulgas e a desvermifugação do seu cachorro estão em dia.

É importante para a saúde dele e também para a de todos os que irão conviver com seu cão. Aproveite a ida ao veterinário e pergunte sobre um kit de emergência.

Você pode pedir ao veterinário para receitar um medicamento para enjôo, por exemplo, caso não saiba ainda se seu cão se sentirá mal no carro.

Não arrisque medicar seu cachorro por conta própria, somente um veterinário saberá a dosagem correta. Pergunte sobre medicamentos emergenciais e leve junto com os medicamentos que ele costuma usar.

Se seu cachorro tem algum problema de saúde já conhecido, ou você quiser estar ainda mais seguro, procure se preparar banatante antes da viagem para não ter nenhuma surpresa.

7. Separe a documentação obrigatória

Para evitar estresse na última hora, confira com antecedência quais são os cuidados básicos e toda a documentação necessária na hora de viajar. 

Separe a carteirinha onde constam os selos das vacinas recebidas no último ano com o carimbo e a assinatura do veterinário responsável. Um atestado de saúde também é exigido e deve ser emitido pelo veterinário tendo validade máxima de 30 dias.

8. Onde ficar em uma viagem com cachorro?

Reserve um hotel que aceite cachorro antecipadamente.

Procure um hotel que atenda as suas necessidades.

Alguns hotéis aceitam cães nos quartos, outros exigem que eles fiquem em canil, uns permitem que circulem pela área comum, outros não, pode haver também uma taxa extra para o cão.


Durante a viagem

9. Não fume

Não é surpresa para ninguém o risco que o cigarro oferece para a saúde, tanto de pessoas quanto dos animais.

Quando um cachorro convive com um tutor fumante ele passa e consumir o tabagismo passivo.

E quando os animais são expostas a ele, os perigos a curto, médio e longo prazo só aumentam.  

Quando um cigarro é aceso dentro de um veículo, somente uma parte da fumaça é tragada pelo fumante.

O restante dela é inalada pelos demais ocupantes do veículo.

Os animais submetidos ao consumo involuntário podem ter sua saúde e seu conforto comprometidos.

tutora-e-cachorro-localizando-a-melhor-rota-no-mapa
Atenção ao trajeto e paradas durante a viagem. - Foto: Banco de Imagens

10. Faça paradas regulares

Seja qual for o tamanho do seu cachorro, certamente ele não vai aguentar ficar dentro do carro por longos períodos.

Por isso, programe-se e realize paradas regularmente (se possível, a cada três horas).

Uma boa dica é pesquisar lugares divertidos no caminho para distrair os peludos.

Mesmo que você precise desviar um pouco do trajeto original, essa é uma excelente estratégia para tornar a viagem mais divertida e menos cansativa para eles, só não se esqueça de checar como é a segurança do local.

Vale destacar que, em caso de trajetos muito longos, é importante parar e dormir.

Além de ser mais agradável para o cachorro, isso é essencial para garantir a segurança de toda a família — afinal, você também pode se cansar após muitas horas na estrada, não é?

O ideal, portanto, é reservar hotel ou pousada em alguma cidade pet friendly no trajeto.

11. Feromônios sintéticos

Poucas pessoas sabem mas existem substância que podem ser utilizadas em ambientes para trazer mais tranquilidade para os animais, principalmente para filhotes.

São os feromônios sintéticos. Custam um pouco caro mas acreditem: realmente funciona, trazendo muito mais conforto para os animais nas viagens.

Uso de feromônios específicos deixam os animais com a sensação de estarem em casa e as paradas periódicas para todos possam se alimentar, hidratar, fazer as necessidades fisiológicas e caminhadas para aliviar os stress garantem uma viagem confortável.

12. Portas e vidros sempre travados

Dirigir com as janelas abertas pode ser até prazeiroso mas pode causar lesões no animai, colocar a vida deles em risco e tutores podem ainda ser multados.

Por isso o alerta: portas sempre travadas e vidros fechados.

13. Não esqueça da focinheira.

Mesmo que seu Pet seja tranquilo a maioria dos locais pet friendly exigem que seja utilizado focinheira para transito em locais públicos.

14. Cuidado com a fuga

As paradas devem ser feitas sempre afastadas da rodovia para evitar risco de atropelamento em caso de fuga..

O principal motivo de uma fuga é a liberdade que ele sente ao fazê-la. Ao escapar dos limites impostos por seu dono, um cão pode seguir os seus instintos de caça, sentir cheiros diferentes dos habituais, procurar outros cachorros e reconhecer o território.

Essa vontade de liberdade é agravada quando ele fica muito tempo no interior do veículo.

Além disso, para os cães mais medrosos, outro motivo que pode incentivar uma fuga são os barulhos estranhos, comuns nas estradas durante a viagem.

Para os diversos tipos de fuga, diferentes medidas devem ser tomadas. Existem cachorros que fogem ao abrir a porta do carro, os que escapam da coleira, os que gostam de fugir durante os passeios. Por isso. Tenha sempre certeza de que você tem o domínio de seu cachorro.

Verifique se coleiras e guias estão bem ajustadas e numa abra a porta sem ter a cetra de que seu cachorro sob seu controle.

cachorro-ouvindo-musica-com-tutora
O cuidado com as músicas é um ponto extremamente importante para os pets. - Foto: Banco de Imagens

15. Escolha uma boa trilha sonora

Escutar música é bem melhor que ouvir os ruídos das estradas.

Durante a viagem, deixe o volume baixinho e dê preferência para os ritmos mais suaves e calmos.

Todos nós temos recordações de músicas que marcaram as nossas melhores viagens, não é verdade?

E não são só os humanos colhem os benefícios de uma bela playlist.

A música para cachorros é um excelente meio de deixá-los mais calmos e felizes, pois os animais possuem ainda maior sensibilidade aos estímulos sonoros do que nós.

Ouvir músicas, além de trazer ótimas sensações para seu pet é uma forma de tornar a viagem ainda mais especial.

Desde que respeitado o tipo de música e o volume adequado, você pode reproduzir nossa playlist em diversas situações:

Se você quiser saber quais músicas seu melhor amigo vai curtir, basta acessar gratuitamente nossas playlists com mais de 100 músicas selecionadas por nossos profissionais em comportamento animal e Medicina Veterinária para seu melhor amigo ouvir e relaxar.

16. Evite multas

Você sabia que pode levar uma multa de R$ R$ 127,69 e perder 5 pontos na carteira se for pego dirigindo com cachorro solto no carro?

É obrigatório utiliza cinto de segurança  ou cadeirinha.

Um cinto para cachorro é baratinho e garante a segurança de todos no carro.

17. Preste atenção na temperatura do ar-condicionado

O ar-condicionado é um excelente aliado das viagens, principalmente daquelas que passam por regiões muito quentes.

É importante certificar-se de que não está indo muito vento em cima do Pet.

Escolha viajar sempre com o veículo climatizado, com a temperatura mais confortável pera seu Pet. Nós recomendamos a temperatura entre 18 e 20 graus. É uma temperatura que agrada maioria das pessoas de dos animais. Se seu doguinho for muito friorento, leve uma rocinha de frio e cobertores para garantir o conforto.

Você pode, ainda, escolher pegar a estrada em um horário em que o cão costuma dormir. Tudo isso irá facilitar que ele relaxe durante o trajeto.

Caminha sobre o banco pode ajudar o cachorro a relaxar durante viagens de carro

18. Hora do pernoite

Na hora dos pernoite seu Pet pode estranhar Hotel, afinal de contas é um novo, cheio de sons e odores que ele não reconhece.

Você pode facilitar esse adaptação levando a caminha, cobertor, brinquedos e, principalmente, os alimentos que ele está acostumado a comer em casa. Além destes itens, não esqueça dos potes para ele comer e beber água e um kit higiene.

Leve sempre as roupas de cama dele e evite utilizar as toalhas e roupas de cama do hotel.

Se a temperatura estiver baixa e ele estiver com frio, não esqueça de utilizar roupinhas.

19. Para o cachorro ficar mais calmo no carro

Uma dica para que seu cachorro fique mais tranquilo dentro carro é usar caminhas e brinquedos no carro. Assim ele vai se sentir um pouco em casa e vai se sentir mais seguro.

Outra dica é passear com seu cão antes dele entrar no carro. Se ele estiver cansado, tem mais chances de dormir e vocês terão uma viagem mais tranquila.

20. Sem cinto não pode!  

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é proibido levar animais em partes externas do veículo ou dirigir com animais à sua esquerda, entre os braços ou pernas. Para evitar que um cão atrapalhe o motorista e viaje seguro, portanto, o ideal é que ele esteja preso.

Você pode usar uma caixa de transporte ou uma cadeira própria para cães ou um cinto adaptado para eles. O importante é nunca viajar com seu cão solto e muito menos nos bancos da frente.

Também não o deixe ir com a cabeça para fora da janela. A gente sabe que alguns cães amam um ventinho na cara, mas você não deixaria seu filho humano fazer isso, não é? Pois então, proteja também seu cão.

Nós sempre usamos o cinto de segurança nos meninos e o ideal é que o cinto seja preso a uma coleira peitoral (e não no pescoço).

O comprimento do cinto precisa ser ajustado de acordo com o tamanho do cachorro, de modo que em uma freada ele não chegue a bater no banco da frente.

tutora-hidratando-cachorro-durante-viagem-de-carro
Mantenha sempre seu pet bem alimentado e hidratado durante a viagem. - Foto: Banco de Imagens

21. Para um pouquinho, anda um pouquinho

Usar o Google Maps para estimar o tempo e roteirizar sua viagem é uma boa ideia.

Não esqueça que o aplicativo não considera os tempo de parada e você deve acreditar esse tempo para ter uma noção esta de quanto tempo vai ficar na estrada.

Pela nossa experiência, viajando com cachorro, uma velocidade  de 60 km/hora é uma boa média.

Isso porque além das paradas, às vezes vamos um pouco mais devagar em estradas com curvas para eles não enjoarem.

22. Acrescente destinos intermediários

Sabendo quanto tempo mais ou menos levaremos, conseguimos programar nossas viagens melhor.

Então, se nosso destino final fica, por exemplo, a 600 km de distância, sabemos que levaríamos aí mais ou menos 10 horas de viagem.

Nesse caso, nós optaríamos por quebrar o trajeto inserindo um novo destino no meio, seja para um pernoite ou apenas para um passeio durante o dia, com pausa para almoço, por exemplo.

Assim não ficamos com uma viagem muito longa, mas sim com uma curta de 4 ou 5 horas e um passeio em um lugar diferente.

23. Mantenha a limpeza

Sempre tenha um saquinho à disposição para catar o cocô do seu cachorro. Nunca deixe a sujeira dele no chão!

Também é útil ter lenços umedecidos e lenços de papel no carro para caso ele vomite, ou para limpá-lo caso ele encoste em alguma planta que o irrite ou se suje demais na lama (os meus adoram uma lama!).

Uma dica de quem já viaja há alguns anos com cachorro: coloque uma capa protetora no banco traseiro.

Já tivemos que trocar todo o estofado por conta das patinhas do Maquiavel e o custo disso é muito maior do que o de uma capa.

Mas, além disso, a capa facilita caso eles vomitem, pois é só tirar e lavar a capa, em vez de ficar limpando cada pequena reentrância dos bancos.


Chegando ao destino

24. Educação e respeito a todos

No seu destino, mantenha seu cão sempre na guia, a não ser em locais privados onde seja expressamente permitido que ele fique solto.

Se você viajou com seu cachorro, ele deve ser inserido na programação e receber atenção.

Então, brinque com ele, não o deixe entediado.

Cachorro cansado não incomoda outras pessoas latindo ou chorando.

Antes de entrar em um estabelecimento comercial, pergunte se o seu cão pode te acompanhar e sempre cate a sujeira que ele fizer.

Quanto mais pessoas conviverem com cães sem problemas, mais abertas elas ficarão a tornar os ambientes pet friendly. Afinal, quem convive com cachorro sabe que a companhia deles é melhor coisa do mundo!


E então? Ainda está em dúvida se vai levar no seu carro carro, de avião ou pela MooviPet?

Entre em contato com nossa equipe, fale com um consultor, tire suas dúvidas para ter a melhor experiência possível na sua viagem com seu pet.


seguro-pet-moovipet-veterinaria-cuidado-cachorro

Seguro MooviPet: Conheça os Benefícios e Condições

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Na hora de planejar a viagem para seu pet é muito importante fazer com que ele se acostume em ficar longe de você e providenciar a documentação necessária, mas outro fator que pode garantir mais comodidade e despreocupar os tutores é a contratação do Seguro MooviPet para os pets que irão viajar.

seguro-pet-moovipet-veterinaria-cuidado-cachorro
Veterinária cuidando de um pet adulto — Foto: Banco de Imagens

O Seguro MooviPet oferece garantias para o tutor em caso problemas de saúde ou eventuais imprevistos que possam vir a acontecer com o pet.

Empresas e pessoas que transportam animais estão sujeitas a alguns riscos e, por esse motivo, devem adotar medidas de prevenção e ter consciência de sua responsabilidade para que tudo corra bem e para que os Pets cheguem bem ao seu destino.

Nós, da MooviPet, no intuito de garantir mais tranqüilidade para tutores oferecemos a possibilidade de contratação de um seguro com cobertura para danos que possam ocorrer durante a viagem.

Quer saber tudo sobre Seguro MooviPet? Neste artigo, fazemos um apanhado geral para esclarecer dúvidas e aprofundar todos os detalhes sobre o assunto. Continue lendo!

Qual é a importância da gestão de risco no transporte?

A atividade de transporte de animais é complexa e envolve uma série de cuidados e protocolos de segurança.

Durante uma viagem podem ocorrer fugas, rochas entre animais, lesões ou mesmo acidentes, independente do modal (aéreo ou terrestre) ou da empresa ou pessoa contratada.

Sendo assim, os profissionais que prestam esse serviço precisam criar estratégias preventivas para garantir a segurança dos animais, principalmente durante os deslocamentos e paradas.

Através do gerenciamento der risco a MooviPet adota um conjunto de medidas preventivas com o objetivo de diminuir os riscos e garantir que seu Pet chegue bem ao destino final

Trata-se, portanto, de uma forma inteligente de gestão que, além de reduzir prejuízos, torna as viagens mais seguras.

Dentre essas ações estão, por exemplo, a utilização de equipamentos para a proteção e rastreio, tanto dos animais quanto do veículo, cadastros e constante aprimoramento de processos com base nos feedbacks recebidos pelos tutores e colaboradores.

Quais são os benefícios do Seguro MooviPet?

Diante desse cenário, o seguro de carga traz uma série de benefícios para o tutor.

Uma das maiores vantagens é, sem dúvida, a garantia de que a MooviPet fará o melhor para garantir  uma viagem segura.

O Seguro MooviPet é obrigatório?

Não. O seguro para seu Pet é um serviço opcional para tutores, visando oferecer mais tranqüilidade e comunidade.

O seguro está disponível somente para transportes interestaduais rodoviários.

Temos a consciência de que nenhum valor pode substituir a vida de um Pet mas, oferecendo um seguro, atestamos nosso compromisso em prestar um serviço de excelência, com o máximo de atenção e responsabilidade.

Coberturas do Seguro MooviPet

Morte

É claro que ninguém gosta de falar sobre isso e nós fazemos o melhor para garantir não somente a vida, mas uma excelente experiência para os peludinhos que viajam conosco.

Exatamente por confiar em nosso trabalho e gerenciar nossas viagens como muita responsabilidade podemos garantir indenizações  para a tutores caso o pior aconteça.

Invalidez permanente

Outras consequências terríveis dos acidentes de trânsito são as lesões que podem levar à indenização por invalidez.

É importante lembrar que a indenização paga em caso de invalidez permanente depende do tipo de lesão e da importância segurada (ou seja, do valor do seguro).

Despesas médico-veterinárias

Nosso seguro também oferece cobertura para pagar as despesas médico-veterinárias em caso de eventual necessidade durante a viagem.

Condições gerais para Seguro MooviPet

Para que faça o seguro é necessário optar pela aquisição por ocasião da reserva.

O seguro é realizado para cada animal e é calculado com base no valor informado pelo tutor, dentro dos limites estabelecidos,

Quanto custa a contratação do Seguro MooviPet?

O seguro é contrato por animal e corresponde a 10% do valor declarado.


Nós pensamos em cada detalhe para a proporcionar a melhor experiência para você e seu pet.

Quer viver essa experiência?

Reserve agora sua viagem por qualquer um dos canais abaixo.


cachorros-banco-carro-transporte-clandestino

Transporte Clandestino de Animais: Conheça os Riscos

Animais que embarcam em veículos de autônomos e/ou de empresas não regulamentadas correm sérios riscos de transformarem em dor de cabeça o que deveria ser uma viagem calma e tranquila, por conta dos riscos de apreensões de veículos e acidentes causados pela falta de manutenção, seguros e vistorias devido a falta de infraestrutura operacional e administrativa.

cachorros-banco-carro-transporte-clandestino

Ao contrário dos autônomos, motoristas especializados de transportadoras regulamentadas, como a MooviPet, seguem as regras da ANTT e contam com padrões de treinamentos rigorosos, testes toxicológicos contínuos, locais para descanso e têm toda a sua vida pregressa civil e criminal verificada antes de serem contratados.

Além de não saber quem está no volante de um transporte clandestino, ninguém faz ideia sobre as verdadeiras condições dos veículos e como os animais são tratados durante a viagem.

Por isso, quando fiscalizados, são apreendidos e não conseguem resolver essas questões junto aos tutores que contrataram o serviço.

Contratar serviço de um autônomos, sem um contrato com garantias e obrigações, é um tiro no escuro.

Ainda assim, muitos tutores embarcam seus Pets em transportes clandestinos e não fazem ideia que o veículo pode quebrar e causar algum acidente, não sabem se o motorista está preparado para aquele trajeto e se proverá os cuidados necessários para garantir o conforto e segurança dos Pets .

Além disso, os clandestinos não cumprem protocolos sanitários, comprometendo a saúde dos animais, o que é agravado em um momento de pandemia.

Isso porque esses veículos não são autorizados e não passam por vistorias técnicas, conforme exigem as regras da ANTT.

Nesse sentido, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) é o órgão responsável pelo transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros, ou seja, se trata da figura responsável por fiscalizar e regulamentar a prestação dos serviços de transporte terrestre.

Princípios e diretrizes da ANTT

Entre os principais princípios da ANTT, um órgão federal que tem como objetivo garantir aos cidadãos, sempre que possível, os menores custos com os serviços de qualidade, podemos destacar os seguintes:

  • Preservação do interesse nacional;
  • Promoção do desenvolvimento econômico e social;
  • Garantia da integração regional.

Já em relação às diretrizes da ANTT, separamos algumas delas:

  • Promover o estudo e as iniciativas de melhores tecnologias que podem ser aplicadas aos meios de transporte;
  • Conter ações que possam configurar ou configurem atos de contravenções de ordem econômica ou competitividade imperfeita;
  • Dar prioridade aos programas de investimentos e de ação relativo as estratégias de abastecimento do mercado interno, de integração nacional e de exportação.

Importante:

A ANTT presta uma atividade que é fundamental para os tutores, uma vez que ela apresenta as ações de regulamentação e fiscalização do setor de transportes de caráter permanente.

Nesse sentido, é válido destacar que as viagens terrestres de ônibus é uma das modalidades de transporte mais usadas pelos brasileiros que precisam transportar seus animais, afinal, o país conta com mais de milhões de quilômetros de malha rodoviária — responsável por ligar todas as partes do Brasil, tanto capitais quanto interiores.

O transporte terrestre é capaz de ir para locais em que outros meios de transporte não são capazes de chegar, é o caso, por exemplo, dos aviões que precisam de uma estrutura maior, como um aeroporto, para que ele possa ir para determinada cidade. Já os ônibus são mais democráticos e, portanto, chegam a mais lugares.

Objetivo da ANTT

O objetivo da ANTT é regular e supervisionar as atividades e prestações de serviço para que os passageiros, sejam pessoas ou animais, de ônibus viagem em segurança.

Por meio de tais atitudes, o órgão deve preservar o direito de todos para que não haja conflito de interesses, infração de ordem econômica ou competição desleal no setor de transporte terrestre, além de proporcionar mais qualidade e segurança.


Agora que você já sabe qual é o órgão fiscalizador de viagens terrestres de ônibus, é válido ressaltar que a MooviPet atua de acordo com as regras da ANTT e, ainda, apresenta relevantes diferenciais, como segurança, alta qualidade, motoristas profissionais, veículos inspecionados e monitorados por GPS e um sistema rodoviário para cães e gatos no qual você pode fazer reservas a qualquer momentos para transportar seu Pet para as principais cidades do Brasil.

veiculos-moovipet-adaptados-para-transporte-de-animais-domesticos

Seu pet precisa fazer uma viagem?

Então, entre em contato conosco para esclarecer as suas dúvidas e conhecer os nossos destinos!


caes-cachorro-filhotes-fundo-amarelo

Transporte de Filhotes de Cães para todo Brasil com Preços Acessíveis

caes-cachorro-filhotes-fundo-amarelo

Os Pets se tornaram uma ótima companhia para as pessoas, são considerados filhos sendo cada vez maior o número de pessoas interessadas em comprar ou adotar um cachorro ou um gato.

Com isso, o mercado tornou-se exigente e cada vez mais as pessoas buscam por serviços de excelência.

No que se refere a transporte interestadual terrestre de animais, os serviços, na grande maioria, são prestados por autônomos independentes ou vinculados a aplicativos que, nem sempre, dispõem de veículos, equipamentos de segurança e qualificação necessária para garantir uma boa experiência.

Para assegurar que tudo corra bem durante uma viagem a escolha da pessoa ou empresa que fará o transporte é uma decisão importante.

Buscar por referências, autorizações e duvidar do preço baixo pode evitar grandes prejuízos, tanto emocionais, quanto financeiros.

Essa preocupação é ainda maior quando o Pet que embarca é um filhote. Cada filhote tem um padrão de comportamento, um perfil, uma personalidade diferente e a empresa deve entender essas particularidades.

Outra grande preocupação que se deve ter é com a saúde dos animais.

A falta de opções de envio sempre afetou criadouros de cães que, muitas vezes, perdem vendas por não poderem contar com opções de envio para as cidades mais distantes.

Em algumas situações o custo é maior que o próprio Pet, inviabilizando totalmente a compra.

Se você é um tutor que acabou de comprar um filhote ou um criador, temos uma ótima notícia: agora você pode contar com a MooviPet para entregar seus filhotes com todo amor e carinho.

O Sistema Rodoviário da MooviPet permite reservas de viagens compartilhadas para as principais cidades do Brasil, com tarifas acessíveis, sem abrir mão do conforto e segurança.

No post de hoje, falaremos sobre esse serviço que pode tornar a experiência entre criadouros e futuros tutores muito melhor!

Mobilidade: o grande desafio para os criadouros de cães

Viajar com filhotes em um veículo junto com outros animais sempre foi um grande desafio e muitos criadouros e tutores ainda se sentem inseguros.

Por esse motivo a MooviPet juntou experiência no volante com o conhecimento de médicos veterinários para desenvolver um serviço voltado exclusivamente para os filhotes.

A partir do terceiro mês de vida um Pet já pode embarcar em nosso Sistema Rodoviário, desde que tenha tomado as principais vacinas.

Dessa forma, mesmo os tutores de cidades mais distantes podem contar com todas comodidade e segurança da MooviPet para receber seu mais novo membro da família.

Os transportes aéreos são limitados, pois só permite o envio de animais para locais onde há aeroportos que, nem sempre, são próximos do destino, fazendo com que muitos desistam da compra.

A necessidade de embarcar e desembarcar em um terminal de cargas muitas vezes torna a logística complexa e inviável e viajar no porão acaba sendo um sofrimento para filhotes.

veiculo-moovipet-mercedes-sprinter-416

Como são os veículos?

Os veículos do sistema rodoviário são grandes, modernos, novos, climatizados, acomodam até 30 animais e contam com tecnologias como: cromoterapias, uso de feromônios sintéticos, controle de velocidade e monitoramento remoto supervisionado por médicos veterinários para garantir todo conforto e segurança.

O veículo dispõem de um sistema de acomodações próprio e não há necessidade de aquisição de caixas de transporte.

Como reservar uma acomodação?

A acomodações da MooviPet são classificados em 4 tamanhos diferentes. A altura  da acomodação não pode ser menor que a altura no Pet embarcado.

projeto-adaptacao-mercedes-sprinter-416-moovipet

Você deve escolher a acomodação mais adequada de acordo com a quantidade e o porte dos animais.

Posso levar mais de um Pet?

Animais de uma mesma ninhada e de um mesmo canil podem viajar juntos em uma mesma acomodação, desde que atendidos os requisitos de conforto e segurança de acordo com os protocolos da MooviPet.

Dessa maneira, você pode economizar caso precise enviar mais de um Pet para o mesmo destino, não havendo necessidade de reservar uma vaga para cada animal.

Em algumas situações nossas maiores acomodações conseguem acomodar até 3 animais, fazendo com que o valor do transporte fique ainda mais em conta.

O transporte compartilhado é seguro para filhotes?

Uma das maiores preocupações é com a saúde dos animais embarcados no sistema rodoviário.

Além da obrigatoriedade do atestado de saúde emitido por médico veterinário para todos os animais e a comprovação de que as vacinas em dia, a MooviPet verifica ainda as condições sanitárias dos animais.

O ar que entra na cabine de acomodação dos animais pelo sistema de ar-condicionado é fresco, recém-captado do ambiente externo, mantendo constante renovação.

Além disso, todos os líquidos produzidos durante o deslocamento no interior das acomodações são escoados para um reservatório externo, mantendo-as sempre limpas e secas.

O veículo é totalmente dedetizado após a conclusão de cada trecho com uso de desinfetantes específicos.

Dessa forma, podermos assegurar um ambiente totalmente seguro durante as viagens.

Como são transportados os filhotes?

Nos sistema rodoviário os animais são transportados obrigatoriamente nas acomodações já existente no veículos, não sendo permitido uso de caixas de transporte próprias ou cintos de segurança.

A maior causa de mortes de animais em acidentes é falta de um esquipamento de segurança adequado.

Filhotes passeiam durante as paradas?

Durante as paradas os filhotes somente são retirados das acomodações para que seja realizada a limpeza, não havendo passeio externo. Somente os adultos passeiam fora do veículo.

A MooviPet tem um sistema de classificação de risco e todos os filhotes são classificados na categoria amarela, pois necessitam de um certo grau de atenção e monitoramento.

Os filhotes tem contato com outros Pet?

Filhotes são mais sensíveis que os adultos e somente com a vacinação adequada ficam protegidos contra uma série de doenças que podem comprometer sua saúde.

Por esse motivos os filhotes não tem contato direto com outros animais da MooviPet durante nossas viagens.

Filhotes pagam mais barato?

Por precisarem de acomodações menores e poderem compartilhar a acomodações acabam tendo tarifas menores.

E se a reserva for feita pelo criadouro, a MooviPet oferece ainda descontos especias!

Entre em contato com nosso time e saiba mais!

Quais documentos são necessários?

É muito simples viajar com a MooviPet.

Basta providenciar 2 documentos: carteira de vacinação em dia e atestado de saúde com validade de 10 dias.

Tutor entregando documentação e alimentação do pet ao motorista da MooviPet.

Qual a idade mínima que um filhote precisa ter para viajar com a MooviPet?

Para garantir a boa saúde dos animais a MooviPet não embarca animais com menos de 3 meses de idade e que não esteja em dias com as vacinas.

Posso embarcar brinquedos e caminhas?

Sim, desde que não ofereça riscos e proporcione ainda mais conforto, são permitidos brinquedos e caminhas no interior da acomodação.

Como eles são alimentados?

Os alimentos são fornecidos pelo próprio tutor. Então, alterar a alimentação dos filhotes durante a viagem não é uma boa ideia, por isso somente fornecemos um outro alimento quando for necessário, sob supervisão médica veterinária.

Recomendamos somente o uso de ração para evitar descontroles intestinais e baixa na imunidade.

Como é a experiência para seus clientes?

Para saber como é muito mais feliz viajar de MooviPet basta você vista nossa avaliações e conhecer nossos serviços em nossas redes sociais.

Através de uma viagem repleta de amor e carinho, supervisionado por motorista e médicos veterinários e com um time apaixonado por pets a experiência em viajar com a MoovPet é incrível!

https://www.youtube.com/watch?v=voKRUkd11es

Colocando sempre os animais como prioridade em nosso serviço podemos garantir tranquilidade para compradores, felicidade para os filhotes e muito mais valor para os criadouros que, atarvés da MooviPet, podem chegar em muito mais clientes, aumentando suas vendas e seus ganhos, com muito mais satisfação e comodidade.

E aí, pronto pra enviar seus filhotes com a MooviPet e agregar ainda mais valor ao seu criadouro?

Ficou alguma dúvida?

Escolha qualquer um dos canais abaixo para fazer sua solicitação ou falar agora com um de nossos consultores pelo WhatsApp.




trecho-manaus-veiculo-moovipet

Nova Rota no Transporte Rodoviário: MooviPet agora também leva Pets de São Paulo e Rio de Janeiro para Manaus

trecho-manaus-full-crop

Inovação faz parte da MooviPet e isso você já sabe!

E para oferecer mais opções de mobilidade para tutores das cidades de Porto Velho, Humaitá, Manaus e Rio Branco, lançamos, na última semana, o Trecho São Paulo x Manaus.

Visão geral das cidades e rota do Trecho Manaus
Visão geral das cidades e rota do Trecho Manaus

"Apesar do modal aéreo ser a modalidade mais indicada para esse trecho devido a distância e dificuldades logísticas, muitos tutores pediram para oferecermos opções de embarque terrestre nessas cidades, pois nem todos os animais podem embarcar de avião devido as restrições impostas pelas Companhias Aéreas. Além disso, dependendo do Pet, o modal aéreo pode não ser a melhor opção pela falta de monitoramento.", explica Eduardo Carvalho, sócio proprietário da MooviPet.

O resultado é que muitos tutores não tinham nenhuma opção de mobilidade nas cidades no Norte. 

"Estamos expandindo nosso sistema rodoviário, criando novas rotas. Nossa expectativa é atender cada vez mais cidades e oferecer mais opções de embarque nas rotas já existentes, de acordo com a demanda.”, acrescenta Eduardo.

Pela distância e dificuldades logísticas terrestres, principalmente por conta das condições da BR 319, é necessário um planejamento específico e um acompanhamento minucioso para que a MooviPet possa garantir o mesmo conforto e segurança que oferecemos nas demais rotas do país.

Um dos veículos da frota MooviPet atravessando a balsa rumo a Manaus, depois de um intenso trecho de estrada de barro
Um dos veículos da frota MooviPet atravessando a balsa rumo a Manaus, depois de um intenso trecho de estrada de barro.

Além das rotas tradicionais já oferecidas pela MooviPet, muitos outros tutores agora também podem fazer reservas e aproveitar o melhor do nosso serviço.

Conheça outras rotas e as principais cidades atendidas:

Trecho São Paulo x Fortaleza

Informações gerais: O trecho Nordeste é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de São Paulo – SP com destino a cidade de Fortaleza – CE, passando pelas cidades de:

  • Rio de Janeiro – RJ
  • Vila Velha – ES
  • Feira de Santa – BA
  • Salvador – BA
  • Aracajú – SE
  • Maceió – AL
  • Recife – PE
  • João Pessoa – PB
  • Natal – RN

Datas de viagem: Mensal, dias 1 e 15
Duração: 96 horas

Trecho Rio de Janeiro x Porto Alegre

Informações gerais: O trecho SUL é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de Rio de Janeiro – RJ com destino a cidade de Porto Alegre – RS, passando pelas cidades de:

  • São Paulo – SP
  • Curitiba – PR
  • Joinville – SC
  • Florianópolis – SC

Datas de viagem: Mensal, dias 14 e 25
Duração: 20 horas

Trecho São Paulo x Brasília

Informações gerais: O trecho Brasília é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de São Paulo -SP com destino a cidade de Brasília – DF, passando pelas cidades de:

  • Rio de Janeiro – RJ
  • Juiz de Fora – MG
  • Barbacena – MG
  • Belo Horizonte – MG
  • Paracatu – MG

Datas de viagem: Mensal, dia 9
Duração: 22 horas

Trecho Rio de Janeiro x Campo Grande (MS)

Informações gerais: O trecho Pantanal é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de Rio de Janeiro – RJ com destino a cidade de Campo Grande – MS, passando pelas cidades de:

  • São Paulo – SP
  • Campinas – SP
  • Sorocaba – SP
  • Ourinhos – SP
  • Londrina – PR
  • Maringá – PR
  • Dourados – MS

Data de viagem: Mensal dia 4
Duração: 24 horas


Para nós, para os animais e para os tutores, o novo Trecho Manaus é uma grande conquista.

Com a inclusão desse trecho, a MooviPet oferece ainda mais soluções de mobilidade e atende as principais cidades do país através do Sistema Rodoviários para  Pets, oferecendo pelo menos uma opção de embarque mensal com tarifas mais acessíveis.

Quando nós viajamos, ficamos felizes. Seu Pet também merece ficar.

Chegou a hora de mudar. Então você já sabe: se precisar de transporte para resolver problemas do dia-a-dia ou para viajar para uma cidade mais distante com seu pet, simplifique: vá de MooviPet.

Se quiser agendar agora seu próximo transporte, fazer uma cotação ou falar agora com um de nossos consultores, selecione qualquer um dos nossos canais de atendimento, clicando em um dos botões abaixo.


mulher-segurando-filhotes-samoieda

MooviPet Empresa: Canis e Gatis

Uma das maiores preocupações para donos de canis e gatis por todo Brasil é conseguir um serviço de transporte confiável, seguro, acessível e acima de tudo que transporte filhotes com amor e carinho.

mulher-segurando-filhotes-samoieda

A falta de opções durante muito tempo limitou as vendas de muitos empresários desse segmento.

Em algumas situações o valor da entrega saia mais caro que o valor do próprio filhote.

Além disso a limitação e a insegurança fazia com que muitos criadores de cães e gatos se restringissem a fazer entregas somente na cidade onde moram ou nas grandes metrópoles do país em que há aeroportos.

A burocracia para embarcar e desembarcar trazia complicações tanto para que vende quanto para quem compra e isso é tudo que uma família não deseja quando espera pela chegada de um novo membro da família.

Nesse momento o que desejamos é encher o filhotinho de mimos, "lambeijos" e abraços e não perder horas esperando em aeroportos a liberação do pet, gastando tempo e dinheiro com estacionamento.

Foi pensando em melhorar essa experiência e aumentar as opções de vendas que a MooviPet criou um serviço especial para viagens de filhotes para gatis e canis através do sistema rodoviário de cães e gatos, no qual criadores podem pagar faturado, tem descontos especiais, podem acomodar mais de um pet em uma só acomodação e contam com um rígido protocolo de embarque para assegurar conforto, segurança e a saúde dos filhotes!

Se você tem um canil ou um gatil, garanta mais praticidade economia e segurança na entrega de seus filhotes através da MooviPet e dê adeus a fila de espera, estacionamentos e burocracia.

Quer saber mais sobre as vantagens e diferencias de nosso serviço? Então, vamos lá!

Economia e segurança no embarque de filhotes

A MooviPet oferece uma plataforma completa de gestão de transporte, que acompanha toda viagem do filhote mantendo informados vendedor e comprador sobre deslocamentos e paradas de forma segura e confiável!

Segurança nas viagens

Embarques rodoviários com saídas programadas.

Todos os animais com saúde atestada por médico veterinário e carteira de vacinação em dia.

alimentacao-documentacao-animal-viagem

Priorize a segurança

O padrão de segurança da MooviPet foi criado por profissionais de saúde veterinária e especialistas em mobilidade terrestre, garantindo um ambiente seguro e confortável para todos os filhotes.

Acesse a MooviPet de qualquer lugar

Conte com a gente para as entregas em todo Brasil.

A MooviPet atende as principais cidades, fazendo a maioria dos embarques e desembarques porta a porta, principalmente nas capitais.

Encante seus clientes

Seus clientes podem contar com um serviço seguro e confortável, tendo a comodidade de receber o novo membro da família na porta de casa, junto de um brinde especial da MooviPet.

Economia

Redução de até 40%* nos custos para envio de filhotes (Em relação à entrada com veículos próprios ou envios aéreos)

Suporte

Suporte e atendimento exclusivo através de nossa Central de Reservas: 3003-5415.

Atendimento 24hs por dia, 7 dias por semana.

consultor-moovipet-com-notebook

Otimize o seu tempo

Reserve sem sair de casa, na hora, sem burocracia e sem precisar comprar caixas de transportes.

Embarque e desembarque porta a porta nas principais cidades do Brasil.

Presença e praticidade

Estamos presentes nas principais cidades do Brasil.

Peça pelo WhatsApp e pague pelo celular em cartão, boleto ou Pix.

formas-de-pagamento-moovipet

Otimize custos

Filhotes entregues no mesmo destino, da mesma ninhada, podem compartilhar acomodações, tornando os custos das viagens ainda mais baratas.

Confira a opinião de quem já usa a empresa

Faça como mais de 200 canis do Brasil: conte com a MooviPet!

Seu negócio vai longe e estamos aqui para ajudar você.

Não perca mais tempo! Faça como os grandes canis que já contrataram a MooviPet.

Alcance mais clientes e melhore a experiência através da gente!

Reserve a primeira viagem para envio de seu filhote com 20% de desconto.

Descomplique a entrega de seus filhotes com a MooviPet!


Vamos conversar sobre os próximos passos?



gato-dentro-do-carro-moovipet

Transporte de Gatos: tudo que você precisa saber!

O gato doméstico é considerado por muitos um animal independente e anti sociável, capaz de se apegar somente ao território e não muito aos humanos.

No Brasil, os gatos são animais de estimação tão populares quanto os cães. Eles representam cerca de 24% dos animais transportados pela MooviPet. O número de gatos transportados pela MooviPet vem crescendo e isso aumenta nossa preocupação em oferecer todo conforto e segurança necessários considerando suas particularidades.

Apesar de domesticados, os gatos partilham todas as características dos felinos selvagens dos quais são parentes: são fortes, ágeis, dotados de grandes reflexos, sentidos apurados e instinto de caça o que faz com seu transporte cause preocupação com tutores e protocolos específicos para que tudo corra bem.

Por todas essas características a MooviPet desenvolveu um método específico. Quer conhecer?

Então vamos lá!

Hidratados o tempo todo

A condição climática é algo que afeta os gatinhos. Os gatos ficam cabisbaixos, sem querer muita brincadeira quando estão em ambientes quentes sem fonte de água.

Por esse motivo os veículos da MooviPet são climatizados e mantêm o ambiente refrigerado durante toda viagem.

gato-bebendo-agua

Além disso, os gatos têm acesso a água mineral sempre fresca durante todo percurso, não somente por ocasião das paradas.

Mesmo que ele se negue a bebê-la, os motoristas fazem a hidratação com seringas impedindo que eles fiquem desidratados, principalmente nos trajetos mais longos.

Sociabilização com os motoristas

A maioria dos gatos que têm costume de lidar com pessoas estranhas em seu convívio se adaptam mais rapidamente aos transportes e aos motoristas da MooviPet.

Gatos que no período de socialização conviveram com apenas uma pessoa, tendem a ser tolerantes com aquela pessoa específica, enquanto que gatos expostos nessa fase à convivência com quatro ou mais pessoas tendem a aceitar e interagir com qualquer estranho.

Isso torna a viagem mais agradável.

Cuidados com gatos filhotes e os idosos

Cuidados com gatos filhotes são um pouco diferentes do que o trato com adultos.

Frágeis, eles precisam se alimentar a cada 4 horas para evitar crises hipoglicêmicas.

Os bebês gastam mais energia e por isso devem repor as calorias com maior frequência.

Nunca ofereça leite de vaca, alimentos humanos e nem ração de gatos adultos.

Normalmente quando embarcam pela MooviPet, os feromônios utilizados nas caixas de transportes trazem uma sensação de conforto maior por trazerem a sensação de ainda estarem sob os cuidados e proteção da mãe.

Buscamos colocar junto com a acomodação brinquedos, arranhador e uma caminha bem confortável.

Os cuidados com gatos filhotes são muito importantes.

As acomodações da MooviPet possuem micro furos e são forradas com tapete higiênico descartável, mantendo o ambiente sempre seco e limpo, fazendo com que os felinos fiquem mais relaxados e felizes.

Já com os idosos, fazemos o melhor para que eles possam dormir em um ambiente super confortável.

Animais com mais idade podem ter problemas nos ossos e também sentem mais frio. Por esse motivo, a acomodação do felino é a mais confortável possível.

Para isso, recomendamos que o tutor deixe à disposição do peludo uma manta para espantar o frio.

Livre de pulgas e vermes

Todos os animais que embarcam pela MooviPet passam por avaliação médica veterinária e devem apresentar atestado de saúde com comprovante de imunização.

Além disso o motorista verifica as condições de higiene, verificando se os animais estão limpos e livres de pulgas.

Quais os alimentos fornecidos para os gatos durante a viagem?

A alimentação dos gatos é feita com ração seca, sachês e latas de alimentos úmidos fornecidos pelo tutor por ocasião do embarque.

A MooviPet não oferece outros alimentos para seu gatinho. Alterar a dieta não é uma boa ideia.

A ração úmida colabora para a hidratação dos animais.

Doenças renais são comuns em gatos e parte importante da prevenção é feita com o consumo adequado de água.

As rações úmidas adicionam líquido na dieta dos gatos, por isso, eles têm acesso contínuo a água fresca e alimentos úmidos.

Compartilhe uma acomodação

Apesar de independentes, eles adoram companhia.

Sendo do mesmo tutor e atendendo aos protocolos de conforte e segurança estabelecidos pela MooviPet, gatos do mesmo tutor, que já convivam juntos, podem viajar compartilhando a mesma acomodação.

Além de ter uma companhia, o valor sai mais em conta!

A MooviPet nunca coloca mais de um Pet na mesma acomodação. Isso só ocorre nessa situação.

Ambiente sempre limpo

Dizem que gatos são animais limpos e basta conviver alguns dias com um para confirmar isso.

Entre os principais cuidados com os gatos, está a rotina de higiene.

A limpeza da acomodação também é muito importante para assegurar uma viagem confortável para o gato.

Por ocasião das paradas são removidas as fezes e urina e são trocados os tapetes higiênicos, se necessário.

Os gatos gostam de viajar?

Gatinhos costumam ser desconfiados e não gostam muito de novidades que os fazem mudar seus hábitos.

gato-viajando-no-carro

Quando o assunto é sair do aconchego do lar, muitos pais de felinos se pegam em situações difíceis e normalmente estressantes para os bichanos.

Infelizmente, são poucos os especialistas que sabem orientar os tutores a respeito de como acostumar gato na caixa de transporte.

Ter experiências diferentes, em lugares desconhecidos, também pode ser muito enriquecedor para os felinos.

Deixe ele pronto para embarcar antes da chegada do motorista

Capturar gatos nem sempre é uma tarefa tão fácil. Eles possuem uma incrível agilidade e correm em grande velocidade.

Os gatos são animais mais desconfiados por natureza, por isso, enquanto não se sentem seguros e no “controle” da situação ou do local em que vivem, eles podem ter um comportamento mais arredio.

Isso acontece quando chegam os motoristas para fazer o embarque.

Por isso, é sempre bom que os gatos já estejam prontos para serem acomodados no veículo por ocasião da chegada dos motoristas.

Em algumas situações, a reserva precisa ser cancelada, pois o tutor não consegue mais capturá-lo no momento do embarque.

Passear fora do veículo: pode ou não?

Esta dúvida é muito comum entre tutores e gera muita desconfiança e insegurança por parte deles.

Apesar de ser muito bom para o bichano ter espaço para brincar e se divertir, permitir que o gato saia da caixa de transporte e faça passeio fora do veículo não é recomendado, pois haveria riscos de fuga pelas características já mencionadas.

gato-na-caixa-de-transporte

Por esse motivo, os gatos não saem das caixas de transporte durante a viagem.

Os passeios somente são realizados com os cães, eles permanecem nas caixas de transportes, curtindo uma playlist feita exclusivamente para o pets, descansando e curtindo o visual pela janela.

A boa notícia é que um gato passa 2/3 do dia dormindo. Isso significa que com todo conforto e segurança oferecido pela MooviPet, ele vai aproveitar para descansar e guardar energia para aproveitar quando chegar ao seu destino.


E então! Ficou mais tranquilo ao saber como os gatos são transportados pela MooviPet?

Que tal aproveitar e garantir a reserva de sua viagem?


cachorro-filhote-dentro-do-carro-para-ser-transportado-viagem

Filhotes de cães: tudo o que você precisa saber para o transporte

Vocês sabem como os principais canis de cães e gatos do Brasil entregam seus filhotes através da MooviPet?

Sem dúvida, fazer uma bela viagem de ônibus pode ser muito prazeroso para seu pet, afinal de contas nada melhor que viajar recebendo amor e carinho, vendo a luz do sol e ouvindo uma boa playlist para relaxar, nem se compara à viajar confinado ouvindo o som de turbinas.

Se para os adultos viajar pelo sistema rodoviário é mais confortável, imagine para os filhotes que têm muito mais energia e acabaram de se afastar do conforto do lar e da presença materna.

grupo-de-cachorros-filhotes

Para fazer uma viagem de ônibus com filhotes embarcados é necessário um cuidado maior por parte de tutores e motoristas, pois existem protocolos específicos que você deve observar.

Por isso, listamos aqui tudo o que você precisa saber para que não haja nenhum problema no momento do embarque.

E antes de mais nada, vale lembrar que, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), para transportar cães e gatos, não é necessário a Guia de Trânsito Animal (GTA), tornando a viagem ainda mais simples.

(Ver Instrução Normativa MAPA nº 19 de 2011) | (Ver Instrução Normativa MAPA nº 36 de 2006)

Preparação para viagem

Os filhotes nascem, vão crescendo e a ansiedade dos donos de cães e gatos vai crescendo juntamente das famílias que serão os novos tutores dos filhotes.

À medida que a data da viagem se aproxima, é importante entender cuidados que podem assegurar uma viagem mais confortável e segura para os bebês, o que nem sempre é uma tarefa fácil.

Por isso, nós separamos dicas preciosas para que uma viagem com os filhotes de cães e gatos pela MooviPet transcorra de forma tranquila!

Comprei um filhote, e agora?

É visível a alegria que um pet traz para a família, mas quando adquirimos um pet de um canil distante, a preocupação com a forma como ele é transportado pode fazer toda diferença para uma boa experiência.

Ambientação dos filhotes nas caixas de transporte

A caixa de transporte é um item indispensável para quem tem cachorro em casa. Para levá-lo a qualquer viagem é preciso deste item.

No entanto, os animais costumam não gostar de ficar presos na caixa e é sempre um desafio colocá-los lá dentro.

É normal eles reagirem de forma negativa, pois não estão acostumados com aquele ambiente confinado.

No entanto, como não dá para evitar o uso da caixa de transporte, a melhor opção é ensinar o animal a se acostumar com ela.

Primeiro, ele precisa entender que a caixa é um ambiente positivo.

Deixe-a pela casa, para que sua presença seja algo comum e diário na vida do animal.

Permita que ele cheire a caixa, a observe e a aceite como um objeto qualquer. Não o force a entrar nela, pois pode traumatizá-lo.

O objetivo é ele entrar por conta própria.

Para tornar a caixa mais amigável, coloque uma almofada ou cobertor dentro dela, de forma que fique bem confortável.

Deixe os brinquedos por perto, para induzir o pet a se aproximar.

E, cada vez que ele chegar perto, o premie com um petisco. Esta ação fará o cão entender que a caixa é algo bom.

Uso de feromônios nos veículos

Feromônios são substâncias químicas que os animais liberam com a função de estabelecer a comunicação entre eles, transmitindo sensações e informações.

Eles servem para tranquilizar e acalmar os pets, principalmente os filhotes.

O uso de feromônios sintéticos transmitem a mensagem de tranquilidade para eles.

É comum que os filhotes sintam falta de sua mãe, de seus irmãos e normalmente isso ocorre no momento de sua viagem.

Os feromônios sintéticos ajudam a tornar o ambiente mais familiar, garantindo mais conforto durante a viagem.

Idade ideal para embarcar o filhote

A indicação é que os filhotes embarquem a partir das oito semanas de vida, pois já terão feito o desmame.

Aguardar até essa data é importantíssimo, pois eles precisam receber os nutrientes e anticorpos através do leite materno. Só assim, eles poderão viajar com segurança, crescendo fortes e saudáveis.

Além dessa questão, manter o filhote com sua mãe e seus irmãos é importante para a sua socialização e o aprendizado.

A mamãe ensina comportamentos básicos e os irmãos colaboram para a experimentação.

É muito comum que filhotes que são retirados muito cedo da sua ninhada mordam excessivamente , pois não tiveram a oportunidade de aprender como brincar com seus irmãos.

Sem contato com os outros animais embarcados

Apesar da interação do filhote com outros cães ser boa para o seu comportamento, animais sem o protocolo vacinal completo não devem ter contato com adultos.

Por isso, mesmo por ocasião das paradas, os filhotes não saem das acomodações ou caixas de transporte, não tendo contato direto com os demais cães.

Principais vacinas que o seu cão precisa tomar antes do embarque

O primeiro passo para preparar o filhote para viagem pela MooviPet é escolher um veterinário de confiança e emitir o atestado de saúde.

O clínico vai te orientar sobre o protocolo das primeiras vacinas para cachorro e iniciar a imunização dele.

Abaixo falamos sobre as principais vacinas que ele tomará a partir dos 45 dias:

  • V10 (Polivalente): a primeira vacina que filhotes de cachorro tomam, depois de um mês ele recebe a segunda dose e outra novamente após mais um mês. Cada veterinário possui um protocolo diferenciado e existem profissionais que aplicam quatro doses.
  • Vacina antirrábica: a partir dos 4 ou 5 meses seu cachorro poderá ser imunizado com a vacina que previne a raiva em animais. A doença é uma zoonose, doença transmissível para humanos.
  • Vacina para giárdia: não é uma vacina obrigatória, porém ela pode ser tomada a partir da segunda dose da V10, prevenindo que seu cachorro seja infectado por este parasita. Esta é uma zoonose, doença transmissível para humanos. Alguns protocolos incluem exames antes da aplicação para ampliação da eficácia.
  • Vacina da gripe ou tosse de cães: também conhecida como Bordetella, o animal começa a tomar a partir da segunda dose da V10 e, em alguns protocolos, precisa de uma nova dose após um mês.
  • Reforço anual da vacinação: após um ano, é preciso medicar seu pet com o reforço de todas as vacinas que ele tomou. Realizar o protocolo de vacinação quando filhote não garante a imunização do animal por toda a vida. Vacine seu pet todos os anos.
  • Os filhotes devem estar vermifugados: A vermifugação de um pet pode começar a partir da sua segunda semana de vida. Novamente, existem diversos protocolos veterinários. Enquanto alguns indicam a repetição de 15 em 15 dias até o desmame do filhote, outros recomendam a administração do vermífugo para cachorro de 3 em 3 meses.

Quais alimentos devem são fornecidos ao filhote durante a viagem?

Para viajar pela MooviPet na modalidade compartilhada é preciso que o filhote tenha concluído o desmame. O processo não deve ser agilizado.

Para os filhotes com mais de 45 dias, fornecemos ração úmida ou grãos molhados e triturados.

Filhotes com mais de três meses podem consumir ração seca.

Antes disso não é recomendado por conta da dentição.

a-melhor-racao-para-os-filhotes

Como escolher a melhor ração para filhotes de cachorro?

Uma ração saborosa e de qualidade pode ter um grande peso no conforto dos filhotes durante as viagens pela MooviPet.

Preste atenção ao porte do cachorro, um filhote de Pitbull, por exemplo, que se alimenta com um grão de ração para cães de porte médio, já um Pug filhote é porte pequeno.

Parece que é bobagem, mas o tamanho do grão influencia na mastigação do animal.

Petiscos são bem-vindos, sem excesso, a partir dos 3 meses.

Sobre o quanto de ração seu filhote precisa comer por dia durante as viagens, vale uma conversa com o veterinário para entender a medida ideal para ele.

Você pode calcular de acordo com as tabelas presentes no verso das embalagens de ração em um primeiro momento.

Prepare o conforto da acomodação para o filhote

Durante as viagens pela MooviPet, o filhote terá um espaço só dele para que ele possa descansar, dormir, se alimentar e também fazer suas necessidades.

Por esse motivos, quando são filhotes, a acomodação é preparada com tapetes higiênicos, matando o lugar sempre limpo e confortável.

Deixe os brinquedos à disposição do animal!

Filhotes gostam de roer, pois o crescimento dos dentinhos coçam (sem contar que eles têm bastante energia!)

Filhote chorando e latindo durante a viagem

Há diversos fatores que levam um filhote a chorar sem parar e, ao entender, podemos recuperar sua calma.

Se imagine em um lugar estranho, que não conhece os sons, objetos, e pior, não encontra seu principal elo, sua mãe.

Um filhote quando embarca se vê diante de um local totalmente novo, e sim, ele vai estranhar e levar alguns dias para se acostumar.

Ele está alimentado? Tem uma acomodação bem confortável e limpinha? Brinquedos? Está seguro?

Então, não dê atenção aos choros do animal visto que é uma adaptação normal.

Com esses cuidados, seu pet, mesmo sendo filhote, pode embarcar nos ônibus da MooviPet, sem medo de imprevistos.


Gostou de saber mais sobre a MooviPet?

Se você vai enviar ou buscar um filhote, sendo comprador ou dono de um canil/gatil, use a MooviPet e garanta uma viagem confortável, segura e monitorada.


veiculo-moovipet-mercedes-sprinter-416

Trechos interestaduais: conheça nossas principais rotas de transporte interestadual de pets!

Animais que viajam são mais felizes e para muitas famílias, tirar seu pet de casa é sinônimo de angustia e preocupação. Dessa forma, a MooviPet disponibiliza um sistema rodoviário para transporte de cães e gatos, onde tutores podem fazer reservas para transportar seus peludos para as principais cidades do Brasil com muito conforto, segurança e tarifas reduzidas.

A modalidade compartilhada é destinada para animais saudáveis e sociáveis com flexibilidade de horário para embarque e desembarque.

O transporte compartilhado permite e divisão de custos e tarifas muito menores.

Os embarques e desembarques ocorrem em datas definidas pela MooviPet.

E para quem pensa que o transporte compartilhado tem menos conforto está totalmente enganado.

Os veículos são maiores e seu pet pode socializar (sem contato físico direto) com outros animais, tornando a viagem muito mais divertida.

veiculo-moovipet-mercedes-sprinter-416
Um dos Veículos da Frota da MooviPet empregados nos Trechos Interestaduais

O uso de feromônios específicos e uma playlist personalizada com músicas que acalmam os animais deixam os peludos com a sensação de estarem em casa e há as paradas periódicas para que todos possam se alimentar, hidratar, fazer as necessidades fisiológicas e caminhadas, aliviando o estresse e garantindo uma viagem confortável.

Nessa modalidade você só paga pelas vagas necessárias para acomodar seu pet.

O transporte compartilhado é mais adequado em situações que se tenha flexibilidade para viajar, tais como: adoção, doação, mudanças e/ou para animais sociáveis e saudáveis.

projeto-adaptacao-mercedes-sprinter-416-moovipet
Vista interna do Projeto de Adaptação de um dos Veículos da Frota da MooviPet empregados nos Trechos Interestaduais.

Em resumo, o transporte compartilhado é a modalidade em que você reserva a quantidade de vagas necessárias para transportar seu pet, junto de outros animais saudáveis e sociáveis, em data programadas, pagando tarifas menores com um motorista que vai viajar com seu pet como você viajaria!

Clique abaixo e conheça nossos trechos.


tag-trecho-nordeste

Trecho Nordeste

Informações gerais: O trecho Nordeste é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de São Paulo - SP com destino a cidade de Fortaleza - CE, passando pelas cidades de:

  • Rio de Janeiro - RJ
  • Vila Velha - ES
  • Feira de Santa - BA
  • Salvador - BA
  • Aracajú - SE
  • Maceió - AL
  • Recife - PE
  • João Pessoa - PB
  • Natal - RN

Datas de viagem: Mensal, dias 1 e 15
Duração: 96 horas

Plano de viagem


1º (primeiro) Dia


2º (segundo) Dia


3º (terceiro) Dia


4º (quarto) Dia


5º (quinto) Dia

  • Descanso


6º (sexto) Dia


7º (sétimo) Dia


8º (oitavo) Dia


9º (nono) Dia


tag-trecho-sul

Trecho SUL

Informações gerais: O trecho SUL é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de Rio de Janeiro - RJ com destino a cidade de Porto Alegre - RS, passando pelas cidades de:

  • Rio de Janeiro - RJ
  • São Paulo - SP
  • Curitiba - PR
  • Joinville - SC
  • Florianópolis - SC

Datas de viagem: Mensal, dias 14 e 25
Duração: 20 horas

Plano de viagem


1º (primeiro) Dia


2º (segundo) Dia


3º (terceiro) Dia


4º (quarto) Dia


tag-trecho-bsb

Trecho BSB

Informações gerais: O trecho Brasília é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de São Paulo -SP com destino a cidade de Brasília - DF, passando pelas cidades de:

  • Rio de Janeiro - RJ
  • Juiz de Fora - MG
  • Barbacena - MG
  • Belo Horizonte - MG
  • Paracatu - MG

Datas de viagem: Mensal, dia 9
Duração: 22 horas

Plano de viagem


1º (primeiro) Dia


2º (segundo) Dia


3º (terceiro) Dia


4º (quarto) Dia


tag-trecho-pantanal

Trecho PANTANAL

Informações gerais: O trecho Pantanal é um dos trechos mais longos oferecidos pela MooviPet.

Nessa viagem percorremos grande parte da BR-101, uma das rodovias brasileiras mais importantes e totalmente pavimentada, atravessando natureza, lindas praias e cidades apaixonantes.

Esse trecho sai da cidade de Rio de Janeiro - RJ com destino a cidade de Campo Grande - MS, passando pelas cidades de:

  • São Paulo - SP
  • Campinas - SP
  • Sorocaba - SP
  • Ourinhos - SP
  • Londrina - PR
  • Maringá - PR
  • Dourados - MS

Data de viagem: Mensal dia 4
Duração: 24 horas

Plano de viagem


1º (primeiro) Dia


2º (segundo) Dia


3º (terceiro) Dia


4º (quarto) Dia


E então? Agora que você já conhece nossas principais rotas, que tal agendar sua viagem agora mesmo?