Tempo estimado de leitura: 8 minutos

Ao fazer uma reserva para uma viagem, tutor e MooviPet celebram um contrato e assumem, juntos, a responsabilidade de levar um Pet em segurança até o destino.

Nos transportes feitos pela MooviPet qualquer fato que coloque em risco a segurança da operação terá como resultado a aplicação de protocolos que podem resultar no cancelamento da viagem, seja no embarque ou no deslocamento.

“Evidentemente quando se trata dos nossos filhos de quatro patas a preservação da vida e da integridade física é o ponto  mais importante. Em algumas situações é preciso modificar o planejamento inicialmente proposto por conta da adoção de protocolos que possam manter controlados os riscos, intercorrências e anormalidades que podem ocorrer durante uma viagem.”, afirma Amaro Netto, COO da MooviPet.

Às vezes, por não conhecerem os riscos, alguns tutores ficam chateados quando ocorre atraso ou cancelamento em virtude da adoção desses protocolos e todos precisamos entender a importância da prevenção e da pronta resposta nos casos em que há inconformidades para garantir o bem maior que é a boa saúde e a vida dos animais.

Para que os tutores possam entender melhor sobre as responsabilidades e cuidados adotados pela MooviPet, resolvemos criar este post e explicar detalhadamente porque devemos ser tão rigorosos com os protocolos de segurança.

Para seu Pet, o que significa “viajar”?

Os animais são territoriais, então uma mudança de ambiente significa para eles abandonar o que já marcaram como seu território, para ir para outro completamente novo, no qual ele irá passar grande parte do tempo confinado e convivendo com outros animais e pessoas que ele não conhece.

Enquanto para nós humanos viajar significa lazer e diversão, para um Pet significa mudança e insegurança. Ao contrário de nós, eles não sabem o que vai acontecer, principalmente nas primeiras horas quando o embarque é realizado.

Por isso é comum que os animais fiquem mais  estressados e ansiosos. É preciso paciência para que eles entendam que não correm riscos.

Todo o processo de adaptação  do animal à viagem exige conhecimento e dedicação de tutores e motoristas e devemos fazer todo possível antes e durante a viagem para reduzir o estresse e contribuir para uma viagem mais segura.

“Seria um erro humanizar um animal que precisa viajar, passando a falsa impressão que o animal se sente feliz, tal como nós. A forma mais correta é entender seu comportamento e agir com responsabilidade. Ao embarcar, um animal se afasta de seu habitat, das pessoas que ama, fica confinado em uma acomodação, lida com pessoas e animais que não são do seu convívio e ouvem e sentem sons e cheiros diferentes. Esse conjunto de mudanças de rotinas afetam o comportamento de um animal e podem, inclusive, afetar a sua saúde. A forma correta de lidar com essa situação é respeitar o animal, com suas verdadeiras necessidades fisiológicas, biológicas e psicológicas, proporcionando o máximo de conforto e segurança possíveis para que ele se mantenha calmo, evitando, assim, problemas graves como fuga, agressividade, lesões e estresse.”, acrescenta  Amaro Netto.

Por isso é importante que o tutor não somente entenda os riscos, mas forneça todas as informações sobre o comportamento e a saúde de seu Pet sobre  e execute os procedimentos de preparação.

Mesmo com a adoção de medidas preventivas por parte da MooviPet e tutores, ainda permanecem os riscos inerentes ao Pet, referente a adaptação do animal à condição da viagem. 
Quando fazemos uma viagem com um Pet, nossa maior preocupação sempre deve ser a preservação da vida.

Estamos comprometidos com a segurança dos animais

Sempre que nos preparamos para fazer mais uma viagem, estamos empenhados em manter a segurança a bordo.

Para garantir que a viagem de seu melhor amigo seja a mais agradável e segura possível, implementamos um conjunto de processos e tecnologias que proporcionam a todos os animais os mais altos padrões de conforto e segurança.

Faça sua parte

É importante que o tutor conheça quais são suas responsabilidades para que a viagem de seu Pet ocorra da melhor maneira possível, evitando custos adicionais, cancelamentos e, acima de tudo, preservando a vida de seu melhor amigo.

Então, se seu Pet vai viajar, tenha em mente os principais pontos onde os tutores erram.

  1. Saiba como está a saúde do seu pet;
  2. Forneça as informações corretas sobre ele;
  3. Execute os procedimentos de preparação para o embarque;
  4. Respeite os protocolos de segurança estabelecidos pela MooviPet.

Você sabia que 74% dos problemas ocorridos nas viagens rodoviárias relacionadas ao conforto e a segurança dos animais ocorreram por falhas do tutor? 😱

Certifique-se de que seu Pet pode embarcar no PetBus

Animais que não podem embarcar no transporte interestadual rodoviário, “PetBus”:

  • Obesos
  • Fêmeas no cio ou grávidas 
  • Idosos
  • Braquicefálicos de grande porte
  • Animais com pulgas ou carrapatos

Mesmo com bom histórico de saúde, não permita que seu Pet embarque apresentando os seguintes sintomas:

  • Diarreia
  • Vômito
  • Apatia
  • Falta de apetite
  • Dificuldade de locomoção (andar cambaleante)
  • Mucosas pálidas ou amareladas
  • Urina com coloração escura
  • Pequenas lesões sem gravidade
  • Excesso de salivação
  • Respiração ofegante
  • Agressividade 
  • Prostração
  • Desidratação
  • Lesão com gravidade

Fazer os  procedimentos de preparação para o embarque é tão importante quanto verificar como está a saúde do Pet. Observe a diferença entre animais que embarcam sem realizar os procedimentos de preparação, que se iniciam 7 dias antes da viagem, e animais que embarcam tendo realizado os procedimentos de preparação.

Animais que embarcam tendo realizado os procedimentos de preparação já iniciam a viagem mais calmos e se adaptam com muito mais facilidades. Por outro lado, animais que não executam, iniciam a viagem muito mais estressados e normalmente demoram a ficar tranquilos, potencializando os riscos de inconformidades.

Para saber como executar os procedimentos de preparação para o embarque, assista ao vídeo:

Outro ponto muito importante: nunca embarque um Pet no  qual as condições de saúde, higiene e comportamento possam comprometer a saúde e a segurança dele e/ou dos outros animais embarcados.

Se o tutor não cumprir os deveres pertinentes estabelecidos pela MooviPet, a recusa de embarque não dá direito a qualquer indenização e pode acarretar na cobrança de taxas e restituições de despesas.

A nossa parte

Processos e protocolos

Todo time envolvido na operação: motoristas, gestores, analistas e médicos veterinários bem como os hotéis que hospedam nosso Pets executam processos e protocolos estabelecidos, tomando medidas preventivas.

Todos os animais que viajam com a MooviPet recebem uma classificação de risco de acordo com a espécie, raça, idade, comportamento e condições de saúde e isso define a modalidade e as condições de transporte bem como o grau de atenção e prioridade que deve ser oferecida ao Pet por parte dos condutores:

Nos casos de inconformidades, nossos protocolos preveem intervenções em 3 níveis:

Veículos

Os ônibus são o meio de transporte mais seguro para que Pet viaje nas estradas. Nosso “PetBus” cumpre os mais elevados padrões de segurança e são higienização e dedetização diariamente.

Para garantir conforto e segurança e controlar o estresse a MooviPet oferece uma série de tecnologia e procedimentos que garantem ao Pet as melhores condições possíveis já oferecidas em viagens rodoviárias para essa modalidade de transporte, tais como:

  • Veículos novos e modernos
  • Cromoterapia
  • Músicas personalizadas
  • Paradas técnicas durante o deslocamento 
  • Controle de temperatura
  • Acomodações limpas e dedetizadas
  • Monitoramento remoto por GPS e vídeo
  • Suporte médico veterinário
  • Seguro viagem

Capacitação de motoristas

Todos os nossos motoristas têm formação completa e recebem treinamentos regularmente, o que significa que estão sempre preparados para quaisquer problemas de trânsito e viagem que possam ocorrer. 

Com períodos de direção e pausa para descanso claramente definidos, procuramos garantir que os motoristas responsáveis pelas viagens da MooviPet estejam sempre concentrados na estrada e atentos às condições de conforto e segurança dos animais embarcados.

Horário de InícioHorário de Término
Café da manhã06:00h08:00h
Almoço12:00h13:00h
Jantar17:00h18:00h
Pernoite22:00h06:00h

Com monitoramento GPS podemos verificar os períodos de direção e repouso e ver a localização de nossos ônibus em qualquer momento. As viagens rodoviárias da MooviPet são realizadas por uma equipe de dois motoristas que se alternam regularmente. 

Os motoristas também são especialmente treinados para a condução de animais. Mesmo se a viagem for para um destino mais longo, a segurança de seu melhor amigo será sempre a principal prioridade.

O COO da MooviPet, Amaro Netto afirma que os riscos inerentes ao transporte só reforça a tese de que tal serviço não pode ser prestado por motoristas despreparados, pois a falta de cuidado e conhecimento potencializa os riscos de fuga, contaminação e acidentes. 

Por esse motivo a MooviPet revisa constantemente seus processos e avalia seus serviços buscando oferecer uma alternativa segura para os animais que precisam viajar.


Quer saber mais sobre a MooviPet? Acesse nosso Instagram e fique por dentro de tudo que fazemos para que seu melhor amigo chegue melhor.


E aí, gostou de saber da nossa preocupação com a segurança do seu melhor amigo nas viagens?

Então deixe a MooviPet levar seu melhor amigo na próxima viagem. Reserve agora com um de nossos consultores especializados.

Deixe seu comentário